Implantes dentários X Próteses convencionais: entenda as diferenças

Os implantes dentários e as próteses são tratamentos indicados pelos dentistas para quem perdeu um ou mais dentes e sofre com as consequências disso. A perda dos dentes pode influenciar na autoestima do paciente, na sua alimentação, devido à dificuldade de mastigar determinados tipos de alimento ou até mesmo evoluir para uma atrofia óssea. 

Existem diferenças entre as próteses convencionais e as próteses suportadas por implantes dentários, acerca da colocação, da higiene bucal e de outros cuidados que o paciente deve ter. O certo é que cada paciente procure um Cirurgião Bucomaxilofacial, que fará uma avaliação do seu caso e decidirá qual é o procedimento mais recomendado. Tudo vai depender da análise clínica, do histórico de saúde do paciente e até mesmo da expectativa do paciente. 

Continue lendo e entenda mais sobre as diferenças entre as próteses convencionais e os implantes dentários

Próteses dentárias convencionais: fixas ou móveis 

As próteses dentárias podem ser de dois tipos: fixas ou móveis. As próteses fixas geralmente são recomendadas a quem perdeu um ou mais dentes, mas ainda possui alguns na boca. Isso porque a prótese precisa de outros dentes para ser fixado a eles. Entre suas vantagens está mais confiança para quem usa, devido a sua natureza fixa. 

Esse tipo de prótese requer cuidados específicos na hora da higiene bucal. Dependendo do modelo escolhido, a limpeza precisa ser feita com escovas interdentais, além disso, o uso do fio dental é indispensável. 

Enquanto isso, as próteses móveis podem substituir uma arcada completa, não necessitando a existência de dentes saudáveis na boca. No entanto, por serem móveis, podem causar algumas inseguranças na hora de falar, mastigar ou realizar outras atividades sociais. 

Em comparação com a prótese fixa, a móvel é mais fácil de limpar por ser removível. A limpeza pode ser feita com uma escova de dentes macia ou com um limpador de dentaduras. 

Como funcionam os implantes dentários

Os implantes dentários podem substituir tanto um único dente, quanto uma arcada completa. O método consiste da colocação de parafusos confeccionados em titânio que dentro dos ossos maxilares, atuando como fixação para os dentes artificiais. O nível de estabilidade que essa técnica dá ao paciente é bastante superior ao das próteses convencionais, oferecendo uma maior potência mastigatória e mais segurança para realizar atividades diárias.

Quem coloca implantes dentários pode fazer a higiene bucal de maneira tradicional, com escovação, fio dental e enxaguante. Com os cuidados corretos, é fácil manter o resultado do tratamento ótimo e durável. Quer saber mais sobre esse procedimento? Entre em contato com  a gente e agende uma consulta!

Leave a Comment