Cirurgia Ortognática: 5 coisas para saber antes de operar

Calcula-se que 25 a 30% da população apresenta desarmonia facial em algum grau. Deste número, pelo menos a metade precisa de tratamento, dentre eles a Cirurgia Ortognática. Escolher um Cirurgião Bucomaxilofacial de confiança e conversar com ele antes do procedimento pode te ajudar a esclarecer algumas dúvidas e sentir-se mais confortável e tranquilo sobre a da operação. Separamos alguns questionamentos que você pode ter sobre o assunto. Continue lendo!

1 – A Cirurgia Ortognática vai resolver o meu problema?

A Cirurgia Ortognática pode ser a solução para diversos problemas. Ela geralmente é indicada para quem sofre com algum tipo de desarmonia facial, o que pode causar contratempos que vão muito além da estética. Esse crescimento desequilibrado dos ossos da face, geralmente a mandíbula, maxilar ou queixo pode ser solucionado com o procedimento.

Como resultados, a Cirurgia Ortognática melhora a estética facial, melhora a respiração, fonação, deglutição e pode até mesmo ajudar quem sofre com apneia do sono. No entanto, somente um especialista vai poder afirmar se essa é a solução para o seu caso. 

2 – Como é o pré-operatório?

A fase de avaliação e preparação para a Cirurgia Ortognática dura cerca de um ano e meio. Durante este tempo, o paciente usa um aparelho ortodôntico para corrigir a mordida. Além disso, são realizados exames laboratoriais pré-operatórios comuns, como em outros procedimentos e testes solicitados para um tratamento ortodôntico comum. 

3 – Quais são os cuidados depois da Cirurgia Ortognática?

Após a Cirurgia Ortognática, o recomendado é que o paciente fique fora de suas atividades e trabalho de 15 a 21 dias. Na primeira semana do pós-operatório,  ele só pode se alimentar de líquidos, depois disso, irá introduzir alimentos pastosos em sua dieta. A ingestão de carnes é liberada apenas depois de três meses e as atividades físicas depois de três a nove meses, a depender da atividade.

O paciente também precisa seguir a risca os cuidados passados pelo Cirurgião Bucomaxilofacial, como fazer o uso de compressas geladas no início e até mesmo de realizar sessões de fisioterapia. Também é possível que o uso do aparelho ortodôntico se mantenha por mais seis a doze meses, dependendo do caso. 

4 – Quais são as possíveis complicações da cirurgia?

Como qualquer procedimento cirúrgico, a Cirurgia Ortognática possui riscos que podem ser amenizados principalmente com a escolha de um bom especialista, apto a fazer o procedimento com sua equipe, em um hospital que conte com toda a estrutura necessária. Com tudo isso alinhado, os riscos pós-operatórios são quase zero.

5 – Em quanto tempo vou ver resultados?

O resultado da Cirurgia Ortognática só costuma ficar completamente visível depois que o tratamento com aparelho ortodôntico termina. Logo após o procedimento já é possível notar muitas mudanças, mas devido ao edema e a reabilitação muscular, o resultado final só é visualizado de 3 a 6 meses após a cirurgia. A idade do paciente e condições sistêmicas individuais influenciam bastante nestes prazos.

Se você acha que precisa de uma Cirurgia Ortognática, agende já sua avaliação em um de nossos consultórios aqui, em Salvador! É só ligar para (071) 3353-3666.

Leave a Comment